terça-feira, 2 de agosto de 2016

O reforço da nossa existência

Existem pessoas que passam pelas nossas vidas e que tem um impacto que nunca irão imaginar.
Das coisas simples, às mais compostas, todos os dias podemos encontrar pessoas que deixam a sua marca, contribuindo para mais uma peça de quem nós somos.
Que reforçam a nossa existência.
Que nos fazem crescer no que já somos.

É a vizinha que nos avista da sua janela, e no alto do seu lar nos abre a porta para não termos de pousar as tralhas todas para procurar a chave.
É o senhor do café, que nos acena quando nos vê passar do outro lado da rua e anuncia alegremente que tem aqueles doces que gostamos.
É a menina da padaria que se lembra do pão que levámos no outro dia.
É o motorista do autocarro, que se lembra de nos ter transportado horas antes em sentido contrário e sorri acenando um bom dia outra vez.

É tudo isto quando vives no meio da cidade, mas sorris como a natureza te deixou que o fizesses como humano, e é mais.

É encontrares aquela pessoa que não vês faz anos e que corre para ti para te dar um abraço.
É saberes que do outro lado do telefone podes encontrar aquela meia dúzia de pessoas que estarão sempre lá.
É sentires a tua unicidade por tudo aquilo que dás e que te devolvem em troca.

É tudo isto quando dás e o recebes de volta, como as leis do universo te permitem, e é mais.

É e são aqueles que sem saberem te deram força e coragem para fazeres algo maior.
É e são aqueles que te provocaram a ira e que te proporcionaram um insight magnificente sobre quem és ou podes ser, melhor.
É e são aqueles que te fizeram sorrir e chorar, mas que te proporcionaram a maior descoberta de quem tu és.
É e são aqueles que te fizeram amar, perder e ganhar.

Todos os impetos que nos fazem percorrer o nosso caminho, são todas as energias que precisávamos para o fazer.
Algumas são justas. Outras corroem na impossibilidade de o ser.
Por vezes somos vencedores, outras vencidos.
Por vezes ganhamos, outras perdemos.
Por vezes temos de escolher perder, deixar, libertar.
Outras tantas ou muitas mais, agarrar, lutar, vencer com toda a alma e energia que temos e que podemos ter.

Há pessoas e momentos que nos levam ao lugar onde estamos hoje.
E mesmo sem o podermos dizer, podemos sentir um "Obrigada!".



Com amor,
Judite <3